“Como as Fintechs se tornaram o principal segmento de startups no mundo”

#fancy-title-594daafd9de6d a{ color: #ffffff; }

Matéria publicada no portal StartSe em 15 de fevereiro de 2017

#fancy-title-594daafd9e511 a{ color: #ffffff; }
.page-section-594daafd9c2ef { padding:120px 0; background-image:url(http://kyvo.com.br/wp-content/uploads/2017/02/dollars-min.jpg); background-attachment:; background-attachment: scroll\9 !important; background-position:left top; background-repeat:no-repeat; } .page-section-594daafd9c2ef .alt-title span { } .page-section-594daafd9c2ef.section-expandable-true:not(.active-toggle):hover .mk-section-color-mask { opacity:0.7 !important; } .page-section-594daafd9c2ef .expandable-section-trigger i { opacity:1; top:0 !important; }

As fintechs são o principal segmento de startups em vários países do mundo – principalmente os que possuem mercados financeiros atrasados, como é o caso de muitos países da América Latina e Ásia. “Fintechs são grandes em qualquer lugar do mundo”, explicou Roy Glasberg, head do Google Launchpad Accelerator.

As fintechs são as startups que, hoje, resolvem problemas CONCRETOS das pessoas. É o caso da Quinto Andar, que lá estava, e que efetivamente resolve um problema financeiro de muita gente: o seguro-fiança ou fiador na hora de alugar um imóvel. Só quem já alugou um imóvel sabe o quanto isso pode ser chato e até mesmo um motivo para inviabilizar a locação

Continue lendo a notícia no portal Startse

Related Posts