EDP Brasil e Kyvo buscam startups na área de energia

#fancy-title-594dab41a21fa a{ color: #ffffff; }
.page-section-594dab41a080f { padding:120px 0; background-image:url(http://kyvo.com.br/wp-content/uploads/2017/06/LOGO-STARTER-copy.jpg); background-attachment:; background-attachment: scroll\9 !important; background-position:left top; background-repeat:no-repeat; } .page-section-594dab41a080f .alt-title span { } .page-section-594dab41a080f.section-expandable-true:not(.active-toggle):hover .mk-section-color-mask { opacity:0.7 !important; } .page-section-594dab41a080f .expandable-section-trigger i { opacity:1; top:0 !important; }

São Paulo, 19 de Junho de 2017 – Sucesso na Europa desde 2012, o programa de desenvolvimento EDP Starter chega agora ao Brasil para auxiliar startups em estágio inicial que tenham ideias inovadoras capazes de serem adaptadas para o setor elétrico. E a Kyvo foi escolhida pela EDP para participar diretamente da seleção e do processo de desenvolvimento das startups, além de disponibilizar sua equipe de mentores especializados para auxiliar as startups ao longo de todo o programa. As inscrições abrem a partir desta segunda-feira (19), por meio do site www.edpstarterbrasil.com.br.

Promovido pela EDP Brasil, empresa que atua nas áreas de geração, transmissão, distribuição, comercialização e soluções em energia, o Starter irá oferecer um pacote amplo de oportunidades para o desenvolvimento dos projetos. Entre os benefícios para as incubadas estão um processo de aceleração e desenvolvimento especializado, mentorias com especialistas e técnicos da EDP, da Kyvo e de mercado, além de uma ampla rede mundial de relacionamento com parceiros que fomentam novos negócios. A EDP Starter disponibilizará ainda um espaço de coworking no WeWork, em São Paulo, um dos maiores escritórios compartilhados do mundo, que abrirá neste ano duas unidades no País.

O projeto, com duração prevista até o fim do ano, se junta ao portfólio de ações indutoras de inovação que a Kyvo vem trabalhando com grandes empresas brasileiras. Neste ano, a consultoria foi a parceira escolhida pela Visa para o desenvolvimento, implantação e operação do Track, programa da empresa para a incubação e aceleração de fintechs brasileiras. Um formato denominado Powered by Kyvo. No caso da EDP, a Kyvo trabalhará internamente na própria empresa, aperfeiçoando o conceito de Open Innovation. “Vamos utilizar o nosso know-how como consultoria de inovação e service design para buscar projetos disruptivos no mercado de energia, um setor com demanda constante por novas soluções”, diz Hilton Menezes, sócio-fundador da Kyvo.

“A partir do conceito de Inovação Aberta, o foco será identificar projetos inovadores e com amplo potencial de desenvolvimento, que possam ser aplicados ao setor de energia por meio de uma relação de colaborativa e de apoio direto ao ecossistema empreendedor”, afirma a gestora da área de Inovação da EDP Brasil, Livia Brando. “Neste momento de intensa transformação do setor elétrico, a aproximação com as startups será essencial para aproximar soluções inovadoras à realidade das grandes empresas”, completa.

banner_starter

O EDP Starter procura projetos com temas focados em duas verticais: Soluções com foco no cliente e Smart Data, que englobam soluções inovadoras desenvolvidas para atender o Mercado B2B e B2C, com profundo entendimento das necessidades de seus usuários; e o uso inteligente de dados gerados por meio de inúmeras tecnologias capazes de agregar valor, gerar vantagem competitiva e/ou inovação para as organizações. Empreendedores de qualquer lugar do País podem participar da seleção do programa, um dos únicos focados em startups em estágio inicial.

O período de inscrições vai até o dia 14 de julho. A partir de então, serão selecionadas 10 startups para a primeira fase de organização dos projetos, que consiste em um Bootcamp, processo de mentoria para a estruturação do negócio, e um Pitchfest, com apresentação das soluções para a Empresa e suas parceiras.

Com base na apresentação e no envolvimento da equipe, cinco grupos serão escolhidos para a segunda etapa do programa, que integra a consolidação da startup, com o desenvolvimento de um protótipo. Em dezembro, as participantes terão a oportunidade de apresentar suas propostas para possíveis investidores em um DemoDay.

Além de terem à disposição um rico espectro de serviços de assistência nas áreas jurídica, administrativa, contábil, de negócios e de design de serviços, os empreendedores que forem incubados terão acesso à expertise da Companhia elétrica em toda a sua cadeia de valor.

Para saber mais, acesse: www.edpstarterbrasil.com.br

Related Posts